PRECISAMOS NOS ARREPENDER …

Da nossa autossuficiência; inveja; vaidade; insatisfação crônica; timidez; falta de iniciativa ou proatividade; criatividade; da nossa procrastinação; murmuração; impaciência, especialmente no trânsito; maledicência; das críticas sem propostas; do apego às coisas materiais; da meninice; de passarmos adiante algo que prejudique alguém; pensamentos ruins; do nosso mau humor; orgulho; da nossa ingratidão; de atitudes corporativistas; de fazermos acepção de pessoas; da nossa artificialidade nos relacionamentos; acidez; falta de amor e solidariedade; da falta de praticarmos a justiça; da nossa insensibilidade; da falta de patriotismo; da nossa insanidade em votarmos em candidatos errados (incompetência) e imorais (falta de caráter, ética); das nossas inimizades oriundas de variados motivos, inclusive de posições ideológicas muitas vezes antagônicas; do nosso juízo temerário (de julgarmos implacavelmente o próximo e muitas vezes sem conhecê-lo); de querermos sempre agradar os outros, fazendo média; da nossa insinceridade; infidelidade; falta de tempo para Deus na vida devocional, o estar a sós com Ele.

Como precisamos nos arrepender da falta de tempo para conversarmos em família, com o cônjuge e os filhos; dos nossos preconceitos; dos vários vícios, e um dos mais comuns hoje é o de estarmos o tempo todo no celular e nas demais "redes sociais", nos alijando do toque nos e dos amigos. Sim, precisamos nos arrepender fortemente do desperdício em várias áreas da vida, especialmente do tempo que não pode ser recuperado.

Sim, que nos arrependamos da nossa falta de compromisso com os perdidos, mortos em seus delitos e pecados, infelizes, sem esperança, com fome, doentes, alijados pela sociedade espartana. Temos falhado em não apresentarmos o Senhor Jesus Cristo como a única solução! Que Deus tenha misericórdia de nós!!!

Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.