HOJE (8)

Não podemos nos esquecer de que hoje é GRATIDÃO (1 Tessalonicenses 5.18).

Hoje é contentamento.

O hoje de olharmos mais para o alto. Para o Senhor que está no trono.

O hoje de vislumbrarmos o próximo necessitado. Atendermos sua necessidade.

Hoje é a necessidade de orarmos como o rei Davi: “Cria em mim, ó Deus, um coração puro; renova em mim um espírito inabalável” (Salmo 51.10).

Hoje significa a confiança plena na Soberania de Deus. O controle absoluto é DELE.

O hoje da nossa convicção de que temos uma luta espiritual e não simplesmente contra forças humanas (Efésios 6.10-20).

Sim, o hoje de fazermos uma leitura da realidade do mundo com o discernimento e a sabedoria de Deus.

Da submissão ao Espírito Santo (Efésios 5.18).

Hoje é um tempo precioso de devoção nas Escrituras Sagradas.

Hoje é o dia de sossegarmos o nosso coração no Pai amoroso e misericordioso, de nos aquietarmos e sabermos que Ele é Deus (Salmo 46.10).

Da alegria do Senhor que é a nossa força (Neemias 8.10).

O poder do Senhor se aperfeiçoa no terreno da nossa fraqueza para fazer grandes coisas.

O hoje é o dia de cuidarmos uns dos outros!

O hoje de deixarmos todo o embaraço e o pecado que fortemente nos assedia. De olharmos firmemente para Jesus, o Autor e Consumador de nossa fé (Hebreus 12.1,2).

O hoje que nos foi presenteado por Deus por causa de Cristo Jesus.

Valorizemos o hoje como oportunidade de nos encorajarmos mutuamente.

O hoje não pode ser desperdiçado.

O hoje de remirmos o tempo porquanto os dias são maus (Efésios 5.16).

O hoje da nossa segurança em Deus Pai, pois nada nos poderá separar do Seu incomparável amor que está em Cristo Jesus, nosso Senhor! (Romanos 8.38,39).

Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.