À MEIA-NOITE

“Por volta da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus, e os demais companheiros de prisão os escutavam” (At 16.25).

À meia-noite geralmente as pessoas estão dormindo. É um horário entre a noite e a madrugada. Se considerarmos que precisamos de oito horas para dormir; oito horas para trabalhar e oito horas para as outras atividades, então à meia-noite é o horário em que devo estar dormindo, descansando física e emocionalmente. Isto é saúde. Mas neste horário, muitas coisas podem acontecer: festa, velório, assalto, permanência em sala de espera de hospital, etc.

É a partir deste horário que os ladrões agem. Contrastando, os cristãos podem estar orando, comungando e adorando a Deus com sinceridade. Tanto dormindo quanto acordados em oração, os crentes descansam na fidelidade de Deus. O Senhor se agrada quando nos vê buscando-O de todo o coração. Assim, Ele percebe que é a nossa PRIORIDADE.

Muitas pessoas veem TV neste horário, consultam internet, andam em baladas, usam drogas, vão para motéis… Para nós, cristãos, à meia-noite é tempo de cantar louvores a Deus como reconhecimento de Sua grandeza, Sua majestade. Um tempo de reflexão. De busca intensa da vontade de Deus. Tempo de silêncio. Tempo de ouvir a voz Senhor.

Quanta dor nesse horário. Quantas pessoas sofrem nesta parte da noite. Paulo e Silas, presos, souberam aproveitar muito bem o tempo para cantar ao Senhor. Eles O amavam de todo o coração, alma e entendimento. Os servos de Deus na prisão não perderam tempo. Não ficaram murmurando, mas louvaram a Deus. Eles sabiam que estavam ali para testemunho do evangelho, para que outras pessoas fossem salvas.

Geralmente, os resultados das orações nesse horário são fantásticos. Paulo e Silas foram usados por Deus para a conversão do carcereiro de Filipos. Devemos buscar o Senhor com integridade de alma e com o coração cheio de gratidão. Reconhecê-lo como Senhor em todos os nossos caminhos. O nosso desafio é equilibrar o descanso físico e emocional (sono) e o descanso espiritual (acordado). Podemos fazer coisas excelentes, no Senhor, no final da noite. Saibamos responder sabiamente as demandas deste horário. Que o utilizemos para testemunharmos a nossa fé em Cristo, edificarmos nossas vidas e, acima de tudo, para a Glória de Deus.

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pr.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.