NATAL (1)

Estamos nos aproximando da data mais importante do calendário cristão. As pessoas se movem em direção ao consumo e às festas. Uma correria desenfreada para comprar coisas, trocar presentes e promover encontros regados a bebidas das mais simples às mais sofisticadas. Estas atitudes não correspondem ao verdadeiro natal. Há toda uma cultura natalina voltada para o mero consumo.

O que é natal? É a celebração do nascimento do Senhor Jesus Cristo em Belém da Judéia. Ele nasceu para sofrer e morrer por nós numa rude cruz. Nasceu para cumprir todo o propósito do Pai em buscar e salvar o homem perdido (Lc 19.10). Jesus nasceu para ser não só o centro da História, mas para ser o centro da nossa vida. Ele se fez carne e habitou entre nós (João 1.14). Nasceu numa manjedoura (recipiente que servia para colocar a ração para alimentar os animais) sendo o Rei dos reis. Não tinha onde reclinar a Sua cabeça.

Natal fala de promessa, fé, obediência, alegria, contentamento, abnegação, amor, salvação plena e comunhão. Natal é Cristo que a Si mesmo se deu por nós em sacrifício e oferta a Deus. Natal é paz e harmonia. Sinfonia e sintonia. Graça e perdão. Justiça e fidelidade. O natal é belo e singelo. É a festa da salvação. A justiça de Deus em ação. O amor encarnado. Celebremos o natal de Cristo! Sejamos sempre gratos pela revelação do Senhor Jesus em Belém. Celebremos o natal repartindo, consolando, encorajando, servindo e suprindo como o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus.

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pastor.

1 comentário em “NATAL (1)”

  1. Meu amigo Pr. Jacó.
    Permita por gentileza questionar algo, com todo carinho e respeito que você merece e tem comigo:
    – A Palavra não nos manda comemorar o Nascimento e sim a Morte e Ressurreição do Senhor Jesus Cristo.
    – Jesus Cristo, não nasceu nessa época, o hemisfério norte é inverno, e os pastores não poderia está nos campos.
    – Dia 25 de Dezembro, é a comemoração do deus sol pagão, que foi introduzido no século terceiro,
    – Papai Noel, são Nicolau, rouba a figura de Jesus (cabelos brancos, roupa vermelha)….Jesus embora não tenha nascido nesta época, nem mesmo é mencionado, e muitos cristãos se dão naturalmente ao consumo desta época.
    – Arvore e Presentes, são introduções do paganismo de Serâmides e seu filho Tamus, que foi concebido por seu pai morto (sugere adultério), em baixo de uma árvore, onde ele apareceu para a concepção, após o nascimento, presentes foram colocados em baixo desta árvore, e introduzido esta prática em nosso natal "cristão".
    – Jesus não é mais um bebe, é o Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, mas nesta época é regredido na mente de muitos cristãos.
    – Por compreender verdades históricas e fatos bíblicos a este respeito, parei de comemorar esta data, a não ser como uma oportunidade para evangelizar, pregar as boas novas, mensagem evangelisticas, fora das paredes do templo, num shopping, numa praça.
    – Acredito que o Espírito Santo, está dando luz para a igreja, a fim de não seguimos tradição dos homens.

    Pense Nisso querido amigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.