NOSSA LUTA INTERIOR” – GÁLATAS 5.16-26

Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro para que não façais o que quereis” (v.17).

Gosto muito do que Oliver Holmes disse: “O que se encontra atrás de nós e o que se encontra à frente são problemas menores, comparados com o que existe dentro de nós”. Paulo escreve aos gálatas mostrando que o interior do cristão é um campo de batalha entre Espírito e carne. Devemos viver no Espírito para sermos mais que vencedores. Estar em Cristo é o segredo da presença poderosa do Espírito em nós. Somos chamados a um compromisso radical com Ele, negando-nos a nós mesmos e tomando a Sua cruz. Nessa luta interior nós não vencemos com a força do intelecto, nem com exercícios corporais, nem fazendo boas obras, mas confiando na suficiência de Cristo pela ação do Espírito.

O texto é muito interessante porque Paulo mostra a relação do nosso interior com o Senhor e com o próximo. As obras da carne e o fruto do Espírito são opostos entre si. Como nos ensina William MacDonald: “O Espírito e a carne estão em constante conflito. Deus podia eliminar a natureza carnal dos crentes no momento da sua conversão, mas não o faz. Por que? Ele quer obrigá-los a se lembrar constantemente da sua fraqueza; quer mantê-los sempre em estado de dependência de Cristo, seu sacerdote e advogado, e levá-los a louvar incessantemente que salvou tais vermes… O que o crente tem de fazer é ceder ao Espírito de Deus”. A carne fala de divisão, mas o Espírito de unidade. A carne afasta o homem de Deus enquanto o Espírito revela intimidade com Deus. A nossa luta interior ou tende nos afastar ou nos aproximar de Deus e do próximo. Que não sejamos orgulhosos vivendo as obras da carne, mas sejamos humildes vivendo no Espírito sendo vitoriosos na luta interior, convivendo com o nosso próximo em profundo amor dando glória a Deus Pai.

Pr. Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.