ORAÇÃO

A palavra oração é formada por um verbo e um substantivo. Orar + ação. O verbo significa movimento, dinamismo e intensidade. O substantivo quer dizer fundamento, densidade e trabalho intenso. Oração é uma conversa com Deus em Cristo Jesus. É abrir o coração para o Pai. Revelar os segredos das entranhas. É uma atitude de confiança para com Aquele que tudo pode (Fil 4.13). Significa perseverar diante de Deus. É bater na porta do Senhor com insistência. É exercitar a fé (Hb 11.1,6). Orar é confiar na fidelidade de Deus. A oração envolve fé, emoção e razão. A fé é via de comunicação com Deus. A emoção tem a ver com os sentimentos, as reações da experiência de fé e a razão significa usar a capacidade dada por Deus para repartir com os outros as experiências oriundas do diálogo com Deus.

Homens e mulheres de Deus na Bíblia e fora dela experimentaram o poder da oração. Deus se agrada de um coração quebrantado e contrito (Sl 51.17). Josué orou e o sol parou. Elias orou e o fogo desceu. Daniel orou e o Senhor fechou a boca dos leões. Tiago diz que a “oração do justo pode muito em seus efeitos” (5.17). Paulo nos ensina que devemos ‘orar em todo o tempo’ (Ef 6.18). Jesus nos ensinou o “dever de orar sempre e nunca desfalecer” (Lc 18.1). Como a oração é relevante na vida cristã! Um dos frutos da vida do crente é a pratica da oração diária. Os homens e as mulheres de Deus bem sucedidos na história da igreja foram os que O buscaram com intensidade de alma. O próprio Senhor Jesus orou a noite inteira antes de escolher Seus discípulos. No jardim Getsemani Jesus lutou com Pai em oração. No final, a vontade do Pai prevaleceu. Que assim seja!

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pastor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.