JESUS, O NOSSO MODELO PASTORAL (V) Um ministério de cura

Jesus sempre se interessou pelas pessoas, principalmente as enfermas e preconceituadas pela sociedade legalista e espartana. Temos, no evangelho de Marcos, alguns textos que tratam de curas efetuadas pelo Senhor Jesus, o Seu grande interesse em abençoar pessoas com as mais diversas deficiências (1.29-34; 1.40-45; 2.1-12; 3.1-6; 5.21-43; 7.31-37; 8.22-26; 10.46-52). Todas as curas eram fruto do poder e compaixão do Senhor e da fé dos que eram curados. Jesus possuía amor por meio de atos intensos em favor dos desvalidos. O Mestre tinha uma sensibilidade singular. No caso da Sogra de Simão Pedro, Ele a pegou pela mão e a febre a deixou, e ela passou a servi-los. No caso do leproso Ele determinou que o homem ficasse limpo. Na cura do paralitico de Cafarnaum, Ele primeiro perdoou os pecados do homem e depois o curou. Ao homem da mão ressequida, na Sinagoga, ele chamou o homem para o meio e pediu-lhe que estendesse a mão e ele ficou curado. No pedido de Jairo, pai da menina muito enferma, Jesus foi com ele. No caminho, aparece uma mulher com hemorragia durante doze anos e lhe tocou as vestes com fé e ficou curada. Disse-lhe Jesus: “Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz (vai para dentro da paz) e fica livre do teu mal” (Mc 5.34). A filha de Jairo havia morrido, mas Jesus a ressuscitou (Mc 5.42). Jesus cura um surdo e gago. As pessoas diziam: “Tudo ele tem feito esplendidamente bem; não somente faz ouvir os surdos, como falar os mudos” (Mc 7.37). Jesus cura o cego de Betsaida aplicando-lhe saliva nos olhos, depois pôs as mãos nos olhos do homem e ele viu perfeitamente (8.25). Foi um processo poderoso. Por ultimo, Ele cura o cego de Jericó, dizendo: “Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente tornou a ver e seguia Jesus estrada a fora” (10.52).

O Senhor Jesus é o nosso modelo pastoral que nos ensina a tratar as pessoas com amor nas suas necessidades. Havia no Senhor uma disposição para buscar os perdidos e ir ao encontro dos enfermos, dos que sofriam terrivelmente a enfermidade e o abandono. Jesus tinha um poder de atração. Ele conhecia as necessidades das pessoas. Como Jesus, devemos ter grande interesse no bem- estar daqueles com os quais convivemos. Somos a vida do Mestre agindo na comunidade onde pastoreamos segundo o coração de Deus, o Pai. O ministério pastoral tem como modelo insuperável o Senhor Jesus. Ele andava por toda a parte fazendo o bem (At 10.38). O Pai havia determinado que Ele servisse. Como Seus discípulos, devemos servir a comunidade com profundo amor. Jesus Cristo deve ser sempre a nossa motivação para servir aos que sofrem. Como pastores , devemos ser cheios do Espírito Santo, para que olhemos com amor e misericórdia até aqueles que nos odeiam na comunidade. Somos a todo o momento exigidos por aqueles aos quais pastoreamos. A nossa condição de servos nos leva inevitavelmente a ações efetivas e consistentes para abençoar as pessoas que sofrem. Os nossos olhos e ouvidos sensíveis às necessidades são um traço bem evidente do nosso compromisso com o Senhor em todas as dimensões da vida humana. No tempo que o Pai nos deu devemos sempre trabalhar na Sua dependência para que O glorifiquemos em nossos ministérios. Estamos comprometidos com a morte e a ressurreição do Senhor Jesus. Morremos e ressuscitamos com Ele para vivermos para Ele, servindo aos que sofrem. Pertencemos a Ele. A nossa liderança deve ser determinada pelo serviço aos que sofrem as mazelas desta vida tão tumultuada. Neste tempo de tanto sofrimento, somos chamados ao pastoreio da graça e do amor que estão em Cristo. Precisamos ir ao encontro das pessoas. Que a nossa caminha pastoral seja cheia de experiências valiosas. Deus, o Pai, quer que sejamos como o Seu Filho tão amado em quem Ele tinha prazer. Sejamos o prazer do Pai em Cristo, o Senhor, nosso Pastor-Modelo.

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pastor.

1 comentário em “JESUS, O NOSSO MODELO PASTORAL (V) Um ministério de cura”

  1. Graça e Paz Pastor Jacob, tudo bem com o Sr e família?
    Se poder, o Sr poderia me enviar via e-mail os outros estudos sobre este tema que é precioso?
    Muito bom o estudo, abre a mente a respeito de curas e libertações.
    Estarei aguardando a resposta do Sr.
    Forte abraço, e Deus continue lhe abençõando ricamente.
    Marcos Biazoli (Evangelista).
    São José do Rio Preto – SP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.