O que estamos nos tornando?

Randy Alcorn

 

Cada dia, nos tornamos alguém; a pergunta é: quem? O autor Jerry Bridges, ouvindo-me dizer isso, contou-me que Dawson Trotman, fundador de The Navigators, costumava dizer: "Você será aquilo que está se tornando agora".

As Escrituras falam sobre esse processo de desenvolvimento do caráter: "E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito" (2 Co 3.18).

Você se torna aquilo que resolve contemplar. Contemple a Cristo, você se tornará semelhante a ele. Contemple a superficialidade e a imoralidade, e será previsível o que você se tornará.

Aquilo que você se tornará será o resultado cumulativo de suas escolhas diárias."A vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito" (Pv 4.18). Essa é a razão por que as Escrituras nos advertem contra as escolhas erradas: "Não entres na vereda dos perversos, nem sigas pelo caminho dos maus. Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo" (Pv 4.14-15).

Nossas escolhas fluem de nosso coração. Por isso, temos de guardá-lo da contaminação: "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida" (Pv 4.23). Qual é a maneira mais eficaz de contaminar uma fonte de água? Envenená-la em sua origem. Se você não guardar seu coração dos valores do mundo, se conformará ao mundo (Rm 12.1-2). Conformar-se ao mundo exige tanto esforço como o descer uma correnteza. Ser transformado pela renovação da mente é nadar para cima, contra a correnteza. Renovar a mente exige esforço deliberado e consciente.

Você se tornará o produto daquilo em que resolve se deleitar e meditar.O Salmo 1 contém uma fórmula poderosa para a perseverança: "Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite".

Todos nós meditamos e somos moldados pelo objeto de nossa meditação. Tiramos de nossa meditação as nossas sugestões de comportamento e de atitudes. Nesta semana, serei moldado pelas comédias situacionais, óperas, jornais ou serei moldado por Isaías, Lucas, A. W. Tozer, Charles Haddon Spurgeon? Depende de como resolvo gastar meu tempo.

Postado por Tiago Santos @ 17:23 – Site da Editora Fiel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.