// você está lendo...

Sem categoria

SER COMO CRISTO PRATICANDO A BÍBLIA (III)

“Portanto, assim como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, também andai nele, arraigados e edificados nele e confirmados na fé, como fostes ensinados, sempre cheios de ações de graças” (Col 2.6,7).

Este texto é por demais precioso. Recebemos a Cristo Jesus, o Senhor, pela pregação da Palavra inspirada. Este é o ensino de João : “Mas a todos os que o receberam, aos que creem no seu nome, deu-lhes a prerrogativa de se tornarem filhos de Deus” (1.12). A fé cristã vem pelo ouvir da Palavra de Cristo (Rm 10.17). Após recebermos a Cristo a nossa natureza se inclina para andarmos nEle. O verbo andar está no modo imperativo. Portanto, é uma ordem. A Palavra é imperativa. Não é possível andarmos com Jesus sem a pratica da Sua Palavra. Andarmos em Cristo significa seguirmos os Seus passos. Fazermos o que Ele mandou. Cumprirmos a missão que Ele deixou para nós (Mt 28.18-20).

A orientação paulina para andarmos em Cristo está fundamentada em duas figuras da botânica e da arquitetura, respectivamente. Uma fala de alimento a partir da raiz. A outra, da edificação, da morada a partir do alicerce. Nossas vidas devem estar enraizadas e alicerçadas profundamente em Cristo. Somos, portanto, alimentados e temos guarida nEle. A pratica da Bíblia nos torna cristãos bem alimentados e bem edificados, seguros em Cristo Jesus. A verdadeira habitação e a autêntica segurança alimentar estão no Salvador.

Pessoas alimentadas e protegidas a partir de Cristo, pela Palavra, têm prazer na gratidão. Somos gratos pelo dom do Pai em Cristo. Plenos de gratidão a partir da obra de Cristo na cruz e na ressurreição pelo conhecimento das Escrituras. Jesus cumpriu toda a Revelação. Ele tabernaculou entre nós (João 1.14) e é a Videira verdadeira (João 15.1,2). Tabernáculo fala de morada, proteção. Videira, fala de alimento, provisão. Jesus é a nossa Rocha bem firme e o Pão da vida que nos alimenta.

Pela prática da Bíblia somos arraigados (enraizados, alimentados) e edificados (alicerçados, abrigados) nEle. Estas experiências são de confirmação na fé. O ensino das Escrituras nos torna sábios para fazermos toda a vontade de Deus em Cristo Jesus, nosso Senhor. Todo o prazer do Pai está no Filho. O Senhor está nos dizendo por Sua Palavra: “Este é o meu Filho amado, de quem me agrado” (Mt 3.17).

Andarmos em Cristo enraizados e edificados leva-nos à confirmação da fé e às ações de graças. Devemos ser sempre gratos a Deus pela obra de Cristo em nos salvar e santificar pela ação do Espírito Santo. Por estarmos alimentados e protegidos em Cristo Jesus. Apreciei muito o que Ronald Sider falou acerca de Jesus, o nosso Modelo de obediência, de quem devemos ser parecidos:

Jesus, seja o centro,

Seja a nossa fonte,

Seja a nossa luz, Jesus.

Jesus, seja o centro,

Seja a nossa esperança,

Seja a nossa canção, Jesus.

Seja o fogo em nossos corações,

Seja o vento em nossas embarcações,

Seja a nossa razão de viver,

Jesus, Jesus.

Jesus, seja a nossa visão,

Seja o nosso caminho,

Seja o nosso guia,

Jesus.

 

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pastor.

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente