// você está lendo...

Estudos

SER BATISTA

Nestes tempos de tanta confusão, falta de identidade denominacional, precisamos definir os termos (como dizia o professor Purim). O que é ser batista? Antes de tudo, é ser cristão, nascido de novo, regenerado em Cristo Jesus pela obra poderosa do Espírito Santo por causa do amor de Deus, o Pai. É ser nova criatura (2 Co 5.17). Cuidar muito bem da vida pessoal, sendo um leitor assíduo da Palavra de Deus e ter uma vida intensa de oração. Primar pelo culto no lar. Compartilhar a sua fé em Cristo, agindo como sal da terra e luz do mundo (Mt 5.13-16). Ser membro de uma igreja batista comprometido com o evangelho integral. Servir ao Senhor com alegria e singeleza de coração, procurando ser um dizimista fiel e um investidor criativo na obra missionária. Ser um membro de família amoroso, ativo, eficiente e aglutinador. Um cidadão que ama o seu país e está comprometido com a liberdade de expressão, com a justiça social. Lutar com as armas sociais para emprego e renda. Lutar contra toda a forma de segregação racial, preconceitos. Pregar contra a imoralidade, a corrupção, a violência, o crime organizado, o tráfico de drogas, o trabalho e a prostituição infantil, a pedofilia, o aborto, o estupro e toda a sorte de erro.

Ser batista é pregar a separação entre Igreja e Estado – a não- clericalização do Estado e a não-secularização da igreja. É saber votar nas pessoas certas, para os lugares certos pelas razões certas. Pregar contra a pobreza. Eliminar o analfabetismo. Trabalhar pela educação integral e pela inclusão dos jovens carentes na universidade. Buscar uma melhor qualidade de vida administrando de forma competente o meio ambiente, implantando a coleta seletiva do lixo, o uso inteligente da água e a não poluição de córregos, rios, nascentes e mares. Promover a educação ambiental. Trabalhar para o beneficio dos mais pobres para que todos tenham acesso a água potável, energia, esgoto, inclusão digital e todos os benefícios dos mais abastados. Apreciei muito a oração de Brennan Manning: “Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, oramos que a nossa experiência de fé corresponda às declarações de crença que fazemos a teu respeito. Concede-nos a coragem de orar. Unge-nos com o espírito de compaixão para que possamos ser o que em tua paixão foste, no nosso tempo; para que sejamos pobres com os pobres, choremos com os que choram, entremos na luta da nossa geração por justiça social, tratando os outros como gostaríamos de ser tratados. Oramos pela coragem de arriscar tudo em Ti, de estarmos contigo em tua fidelidade a tua missão, nossa missão. Para isto vim ao mundo, para dizer: Eis-me aqui, Senhor, venho fazer tua vontade” (Manning, Assinatura de Jesus, Textus, 43,44).

Ser batista é amar a obra missionária, valorizar a denominação (participando ativamente dos encontros denominacionais), participar dos movimentos missionários, de trabalhos voluntários e ajuda substancial aos mais carentes. Fazer da Igreja um hospital para pecadores e não um museu para santos. Orar e trabalhar para que a igreja seja uma comunidade do perdão e da festa, koinonia pura. A comunidade do amor, do perdão, da aceitação em plena alegria. Planejar em oração cultos inclusivos, cultos espirituais nos quais as pessoas se arrependam, creiam e obedeçam de todo o coração. É ver os campos que estão brancos para a ceifa, buscando os perdidos, os párias da sociedade. Permitir ser um membro comprometido com a ética do Reino de Deus.

Ser batista é cantar um cântico novo. Celebrar a morte, ressurreição e a volta do Senhor pela pratica da Ceia do Senhor e também nos cultos que enfatizam toda a obra suficiente de Cristo. Como é bom ser batista, comprometido com os princípios da Palavra de Deus! Ela é o nosso manual de fé e prática. Povo batista – transformado para transformar. Povo batista – um povo amoroso, acolhedor, visionário, trabalhador, zeloso, hospitaleiro e comprometido com a dignidade do homem, imagem e semelhança do Senhor. Ser batista é amar os perdidos, levando-lhes a Palavra do Senhor para que se convertam. Ser coerente como Cristo foi em toda a Sua vida.

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, PR.

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook
  1. tinha que ser o pastor Jacó, um israelista que se transformou num batista. pr. ailton rioclaro rj

    Postado por pr. ailton | 21 de março de 2012, 21:57
  2. Ser Batista.
    Excelente! Vou postar no blog da http://www.sibgoiania.org.br/

    Postado por Ezequiel Brasil | 1 de junho de 2013, 23:43
  3. Que bom, meu pastor! Tenho orado por você e os seus!!!
    Deus seja louvado por suas vidas!
    Muito grato e abraços.

    Postado por Oswaldo Luiz Gomes Jacob | 19 de julho de 2013, 15:19

Comente