// você está lendo...

Sem categoria

REINO EXTRAORDINÁRIO

O título parece uma redundância, mas este é o Reino de Deus. O domínio soberano de Deus em todas as esferas da existência. Nada e ninguém escapa do Seu poder e ação. O Salmo 145, de Davi, diz: “O teu Reino é Reino eterno, e o teu domínio permanece de geração em geração” (NVI – v.13). O Reino de Deus é um reino do coração e do universo. Esse Reino não é simplesmente comida, nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo (Romanos 14.17). Nesse Reino a justiça de Deus está em Cristo Jesus. Ela é infalível e aplicada no tempo de Deus. O Reino de Deus tem a paz como um de seus traços distintivos. Jesus deixou muito clara essa verdade em João 14.27. É a paz que vem de Deus em Cristo Jesus aplicada pelo Espírito Santo no coração de todo o que crê. No Reino de Deus também há alegria. Esta é a música da alma que confia em Deus. É a alegria em meio as circunstâncias difíceis. Esta foi a experiência de Paulo e Silas na prisão em Filipos (Atos 16.25). A oração e o cânticos são convergentes na experiência com o Reino de Deus.

O Reino de Deus é extraordinário porque é o ambiente dos milagres operados no pelo Senhor Jesus. Nesse Reino acontecem coisas extraordinárias. É o Reino da graça manifestada, do amor operante, das misericórdias renovadas a cada manhã, da bondade aplicada aos corações, fidelidade de Deus, Sua companhia constante. Por estas razões, o nosso testemunho deve ser contundente e abrangente. No Reino não há lugar para murmuração, negativismo, ingratidão, insegurança, medo e pessimismo.

A mensagem central do Reino de Deus é o Evangelho de Jesus. Ele é o poder de Deus para a salvação de todo o que crê (Romanos 1.16). Na manifestação do Reino de Deus somos confrontados, nos arrependemos, confessamos e nos comprometemos com a Grande Comissão deixada por Jesus (Mateus 28.18-20). Como Pedro e João, não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido (Atos 4.20,21). Devemos aproveitar cada oportunidade para proclamarmos a vida e a obra de Cristo na História. Como Jesus de Nazaré, devemos andar por toda a parte fazendo o bem (Atos 10.38). Os súditos do Reino amam a Igreja de Jesus pela qual Ele derramou o Seu precioso sangue (1 Pedro 1.18,19).

O Reino extraordinário é constituído por homens e mulheres comuns. O trabalho do Reino de Deus é extraordinário. Os servos de Jesus são súditos proativos do Reino. Eles trabalham com alegria e singeleza de coração. Eles se humilham e obedecem. Os cidadãos do Reino são pobres em espírito, choram a perda da sua inocência, têm fome e sede de justiça, são limpos de coração, pacificadores, perseguidos por causa da justiça; alegram-se e se regozijam por sofrerem pelo nome de Jesus (Mateus 5.3-12). Os cidadãos do Reino são sal da terra e luz do mundo (Mateus 5.13-16). No poder do Espírito Santo exercem a sua influência no mundo.

No Reino extraordinário, os súditos andam na intimidade com Deus à semelhança de Enoque; obedecem como Noé; têm a fé de Abraão; a simplicidade de Isaque; a persistência de Jacó, a integridade de José; a alegria de Neemias; a submissão de Samuel; o quebrantamento de Davi; a intrepidez e a ousadia de Elias; a responsabilidade de Isaías; a sensibilidade de Jeremias; a determinação de Mateus; a ternura de João Marcos; a sabedoria e dedicação de Lucas; o amor de João; a sinceridade de Pedro; o espírito evangelístico de Paulo; a pureza de Timóteo; o compromisso de Tito e a generosidade de Barnabé.

O nosso grande desafio é vivermos neste mundo buscando o Reino de Deus e a sua justiça em primeiro lugar, sabendo que as outras coisas serão acrescentadas (Mateus 6.33). Nesses tempos muito difíceis, devemos renovar o nosso compromisso inalienável com os princípios do Senhor revelados em Sua Palavra. Vivendo debaixo da autoridade do Reino de Deus temos a nossa mente renovada, o nosso coração fortalecido e as nossas entranhas recreadas em Cristo Jesus. Nesse Reino estamos absolutamente seguros, pois nada e ninguém nos poderá separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus nosso Senhor (Romanos 8.38,39).

Que Reino maravilhoso! Nele há profundidade de riqueza, sabedoria e conhecimento de Deus! É o Reino dos juízos insondáveis e caminhos inescrutáveis de Deus! É o Reino que é Dele, por Ele e para Ele (Romanos 11.33-36). É o Reino onde há adoração, confissão, aprendizado, comunhão e expressão autêntica da fé salvadora. Onde oferecemos a Deus um sacrifício vivo, santo e agradável como culto racional, lógico (Romanos 12.1,2). É o Reino onde seus súditos estão conformados com Cristo e inconformados com o mundo. É o Reino onde o Espírito Santo sonda a cada súdito, levando à confissão e ao arrependimento, tendo como consequência o quebrantamento. Esse é o Reino Extraordinário onde as coisas extraordinárias de Deus acontecem a todo o momento para o testemunho do Evangelho e a glória do Seu santíssimo nome!

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, um súdito do Reino Extraordinário!

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente

Links

Admin