// você está lendo...

Sem categoria

O QUE APRENDEMOS COM O MASSACRE DE SUZANO?

O Massacre de Suzano, ocorreu no dia 13 de março de 2019, na Escola Estadual Professor Raul Brasil, no município de Suzano, em São Paulo. A dupla de atiradores Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro, ambos ex-alunos, mataram 10 pessoas entre alunos e funcionários. Vidas preciosas foram ceifadas.

Essa catástrofe atingiu a todos nós. Ficamos consternados. Deixou o Brasil de luto. Sabemos que as nossas escolas são muito vulneráveis a ações de vândalos, ladrões e assassinos como Guilherme e Luiz Henrique. Os dois eram jovens que viviam no submundo das redes sociais, tendo uma educação extremamente deficiente.

Do ponto de vista das Escrituras, o homem possui um coração perverso e desesperadamente corrupto (Jeremias 10.9). Há um sem número de textos bíblicos que mostra como o homem pode arquitetar coisas horripilantes. Por causa do pecado, a natureza humana é má em essência: “Em pecado fui formado, em pecado me concebeu minha mãe” (Salmos 51.5). Outro texto de David, em Salmos 58.3, diz: Alienam-se os ímpios desde a madre; andam errados desde que nasceram, falando mentiras”. No Novo Testamento, Paulo afirma: Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons; traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus (2 Timóteo 3.1-4). Os nossos adolescentes e jovens estão perdidos, viciados, vazios, altamente vulneráveis a homens e mulheres perigosos. Eles têm transitado na desobediência e nos vícios, resultando em desequilíbrio psíquico-emocional. É claro que há muitos deles sérios, trabalhadores, estudiosos, responsáveis e obedientes aos pais e aos mais velhos.

Aprendemos com esse massacre que devemos orar mais pelos nossos adolescentes jovens; investirmos tempo e formação de qualidade; ter atitudes e atos rigorosos ou disciplina séria; monitorando seus passos; estabelecermos limites razoáveis; aprendermos a dizer não; demonstrarmos amor, carinho, afeto, atenção, diálogo; tarefas terapêuticas e um plano de encorajamento e metas de desempenho. Eles necessitam ser motivados a cada dia.

Se queremos um Brasil de vanguarda, de oportunidades para todos, justiça social e uma sociedade equilibrada e ética, precisamos investir nas famílias, na educação de alta qualidade (escolas de tempo integral), na segurança e na disciplina exemplar. Que Deus nos conceda um espírito de sabedoria e discernimento. Que sejamos tomados de indignação em relação à violência e a toda a forma corrupção e imoralidade. Construamos um país novo. Um Brasil sério, comprometido com a excelência em tudo o que faz.

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pastor.

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente