// você está lendo...

Sem categoria

O PESSIMISTA

Aurélio, em sua versão eletrônica, diz que pessimismo é a "disposição de espírito que leva o indivíduo a encarar tudo pelo lado negativo, a esperar de tudo o pior". No âmbito filosófico, segundo a mesma fonte, refere-se a um "caráter das doutrinas metafísicas ou morais que afirmam a supremacia do mal sobre o bem e costumam levar à adoção de uma atitude geral de escapismo, imobilismo ou conformismo, quer seja o mal considerado a privação dos meios de conservação da vida (alimentação, abrigo etc.), quer seja considerado a privação dos meios de expansão e desenvolvimento espiritual."

Houaiss, por sua vez, caracteriza o pessimismo filosófico como "caráter de doutrina metafísica ou moral segundo a qual os aspectos maus ou negativos da existência superam os bons ou positivos, concepção que teve uma de suas expressões mais radicais no pensamento do filósofo alemão Arthur Schopenhauer (1788-1860) e em seus seguidores".

O pessimista é o ser negativo. O contrário de otimista. Num lindo céu azul, ele procura uma nuvem. Na tempestade, ele se agita, pois se esquece de que ela não vai durar muito tempo e que existe um céu azul acima. O pessimista não vê horizonte favorável. A sua palavra é sempre negativa. Conversar com um pessimista é olhar para as impossibilidades. É entrar num mar de desencorajamento e desespero. Acostumar-se ao caos. O pessimista não contempla as cores, mas coisas opacas. Alguém sabiamente disse: “Os pessimistas sempre têm razão, mas só os otimistas conseguem mudar”.

Geralmente o pessimista é saudosista. Ele nos leva ao museu e quer que permaneçamos ali. Ele não sonha. Não planeja. Não enxerga o futuro com possibilidades imensas. Viver com um pessimista é viver andando para trás, sem possibilidade de crescimento seja pessoal, coletivo ou corporativo. Aquele que anda na estrada do pessimismo não crê que Deus pode mudar, restaurar todas as coisas, ampliar a visão, dar novas possibilidades. Realizar milagres! Jesus Cristo morreu por nós, Ele nos redimiu com o Seu precioso sangue derramado na cruz; nos tirou do caos do inimigo e nos colocou na ordem do Pai. Agora somos filhos de Deus! (Efésios 2.1-10). Não mais pessimistas, mas otimistas!

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pastor.

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente