// você está lendo...

Sem categoria

GRAÇA: EXCLUSIVA E INCLUSIVA

A graça é o favor dispensado por Deus a nós, pecadores. Graça é Deus dando e fazendo tudo a quem nada merece. No original do Novo Testamento, graça significa: encanto, doçura, simpatia, favor (Lucas 2.40, 52; 4.44; Atos 2.47); favor não merecido, mas livremente outorgado; boa vontade, proteção, bondade (Romanos 11.6; Tito 2.22); especialmente a bondade pela qual Deus manifesta favores aos que estão destituídos de mérito e concede aos pecadores o perdão das suas ofensas e os convida a receber a salvação eterna em Cristo (Thayer, citado por Taylor). A graça é um dom exclusivo de Deus que Ele dispensa aos pecadores. Exclusivo porque fora do Senhor ninguém tem graça para dar. A fonte da graça é Deus, somente Ele.

A personificação da graça é o Senhor Jesus Cristo, o Filho enviado pelo Pai para nos redimir com o Seu sangue derramado na cruz do Calvário. Ele é o Verbo que se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade (João 1.14). A Sua morte na cruz é um fato incontestável da manifestação da graça exclusiva de Deus. Na graça, vemos a iniciativa de Deus em nos atrair em Cristo Jesus e nos fazer morrer e ressuscitar com Ele (Romanos 6.1-11). Quando falamos de graça testemunhamos o amor, perdão, a misericórdia, bondade e comunhão que estão em Cristo Jesus. Graça significa que preciso, mas não mereço, não tenho nenhumas condições por mim mesmo de me salvar. Que o mérito de sermos chamados filhos de Deus não é nosso, mas de Cristo, da Sua suficiência, da Sua obra perfeita. Ela não é uma graça barata, permissiva, vale tudo. Ela tem se manifestado a todos os homens, mas não é universalismo (Tito 2.11-14). Todos nascemos criaturas de Deus, mas para sermos Seus filhos precisamos nos arrepender dos nossos pecados e crer em Jesus Cristo como único Salvador e Senhor (Atos 16.31). Só Jesus Cristo salva!

A graça além de exclusiva da parte de Deus, ela é inclusiva, ou seja, traz o homem à reconciliação e a consequente comunhão com Deus. É Deus em Cristo Jesus reconciliando o perdido, desvalido, o totalmente desqualificado para ser salvo por si mesmo (2 Coríntios 5.15-21). A graça de Deus é a manifestação da nossa inclusão em Cristo e na Sua Igreja, no Seu Corpo Vivo (1 Coríntios 12.12-31). Deus dispensa graça a nós para que sejamos incluídos em Cristo Jesus, andando como Ele andou na qualidade de Seus discípulos, testemunhando corajosamente a nossa fé (1 João 2.6).

Essa graça que é exclusiva de Deus e que inclui o homem perdido manifesta-se como extraordinária, maravilhosa e poderosa. Graça é aceitação, perdão e festa. Deus nos aceita, perdoa em Cristo e celebra a nossa salvação. Na parábola do filho pródigo contada por Jesus (Lucas 15.11-32), podemos ver claramente um filho que deu às costas para o pai ser aceito sem nenhum merecimento. Depois de gastar a sua parte na herança vivendo irresponsavelmente e maltrapilho, ele pensa no amor e na graça do pai, retornando à casa. A graça do pai e a sua condição deplorável como filho perdido foram fatores preponderantes para o seu arrependimento. O seu retorno à casa foi celebrado pelo pai com uma festança, pois o filho perdido foi achado. Aquele que estava morto reviveu. Agora, ele é incluído no lar que havia abandonado. A graça e o amor do pai sempre estiveram presentes na mente e no coração do filho ingrato e devasso. Nós éramos assim também.

Na realidade do Evangelho de Cristo exposto claramente nas Escrituras, a graça é exclusiva de Deus e inclusiva para o homem perdido e morto nos seus delitos e pecados (Efésios 2.1-3). Exclusividade e inclusão são as duas asas da graça de Deus. Vemos essa verdade de Gênesis a Apocalipse. O Deus das Escrituras é o Deus exclusivo e inclusivo, que nos dispensa o Seu amor e o Seu perdão em Cristo Jesus. Somos pessoas felizes por sermos de Deus por direito de criação e de redenção. Nada nos poderá separar do Seu amor que está em Cristo Jesus, nosso Senhor (Romanos 8.38,39). Glorifiquemos a Deus por Sua graça exclusiva que é a causa da nossa inclusão salvadora!

Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente

Links

Admin