// você está lendo...

Sem categoria

DEPENDÊNCIA DE DEUS NUM BRASIL EM CRISE PROFUNDA

Vivemos uma crise moral sem precedentes. Passamos por desemprego altíssimo na história do Brasil. A violência em todas as suas formas tem ampliado os seus tentáculos. O crime organizado galopante. Uma corrupção endêmica. Políticos e empresários presos. Saúde precaríssima. Educação sofrível. Insegurança aumentando exponencialmente. Estas realidades demandam vidas santificadas e uma dependência profunda de Deus. Somos chamados a viver uma vida que honre o nosso Senhor. Convocados a repensar nossas estratégias seja como igreja local, seja como denominação batista para enfrentarmos esse tempo em que o amor de muitos está se esfriando e falta de compromisso com o Reino de Deus tem aumentado muitíssimo. O Senhor ordena que santifiquemos nossas vidas (Levítico 11.44; 19.2; Hebreus 12.14). Como líderes, devemos ser o exemplo dos fiéis na palavra, no comportamento, no amor, na e na pureza (1 Timóteo 4.12). Que a nossa maior aspiração seja a semelhança com Cristo, vivendo uma vida crucificada, morta e ressurreta com Ele (Gálatas 2.20).

Como igrejas e denominação, precisamos repensar nossas prioridades, rever o nosso conceito de dependência de Deus e buscarmos intensamente o zelo de Jesus pela obra do Pai (Salmos 69.9 e João 2.17). Olharmos para o Mestre e imitar a Sua simplicidade, a Sua paixão pelas almas, o Seu compromisso com o discipulado de pessoas e, acima de tudo, o Seu desejo intenso de fazer a vontade do Pai (Mateus 26.39). Não devemos viver uma vida sofisticada e acomodada, não podemos gastar o nosso dinheiro com superfluidades. Não podemos viver uma vida sem planejamento. O que realmente necessitamos é orarmos intensamente e pedirmos misericórdia a Deus para vivermos a vida cristã autêntica (Efésios 3.14-21). É claro que este ato deve ser acompanhado de muito trabalho, economia e criatividade na gestão seja pessoal, seja coletiva. Não nos esqueçamos: Quem falha em planejar, planeja falhar.

É urgente que mobilizemos os irmãos de todo o Brasil para orarmos, jejuarmos e trabalharmos fortemente pela evangelização do País, pela nação, pelo fortalecimento das instituições democráticas, pela aplicação da justiça do Reino de Deus (trabalhando fortemente contra a miséria do povo), pela diminuição drástica da violência e de todas as suas vertentes. Renovemos o nosso compromisso com a ética de Jesus de Nazaré, na contramão daqueles que estão dentro das igrejas e das denominações agindo com desonestidade e que são acusados e presos por causa de corrupção, produzindo um péssimo testemunho. O Pai nos chama a vivermos a coerência de Cristo, Seu amado Filho. Como Ele, não nos cansemos de fazer o bem (Atos 10.38). Que aprendamos e cresçamos com as lições da História. Que a nossa resposta diante dos fatos vergonhosos do Brasil seja um compromisso inadiável e inalienável com as verdades das Escrituras, aplicando-as em nosso coração e em nosso dia a dia, nas relações e nos negócios. Queremos dizer NÃO a toda a forma de erro, de jeitinho e de mais ou menos, de meia boca. Desejamos intensamente viver a dignidade do evangelho de Cristo (Filipenses 1.27). Aspiramos uma vida de excelência em tudo o que realizamos.

Sabemos que o nosso Deus suprirá todas as nossas necessidades em Cristo Jesus (Filipenses 4.19,20). O nosso grande desafio é buscarmos o Reino de Deus em primeiro lugar (Mateus 6.33). Que o Senhor nos livre da ansiedade de um mundo incrédulo e nos ministre o descanso em Sua fidelidade, tão característico na fé cristã. Ainda que sejamos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a Si mesmo (2 Timóteo 2.13). É impressionante a provisão de Deus para os Seus filhos! O nosso Deus é o nosso provedor e igualmente protetor. Ele quer que vivamos pela fé e não por vista (Habacuque 2.4; Romanos 1.17; Hebreus 11.6). Quer ser sempre a nossa PRIORIDADE. Que o nosso Senhor seja engrandecido, louvado e dignificado em nosso modo coerente de viver e assim veremos o Seu poder se manifestar em nossas igrejas, em nossa denominação e em nosso amado Brasil. Nesta direção, poderemos ter um Brasil muito melhor!

Oswald Luiz Gomes Jacob, pastor.

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente