// você está lendo...

Sem categoria

DECEPÇÃO FAZ MAL

Quem ainda não teve uma decepção na vida? Certamente, todos nós a tivemos! Mas o que ela quer dizer? Decepção é o substantivo feminino que significa desilusão ou desengano. A decepção é um sentimento negativo de tristeza e mágoa que é causado por uma situação ou pessoa.

Esta palavra tem origem no latim deceptio, que remete para a ideia de engano, trapaça, dolo. Muitas vezes a decepção é causada por uma surpresa desagradável, ou quando as expectativas da pessoa decepcionada não são alcançadas (Significados). A decepção guardada no coração prospera fatalmente para a raiz de amargura e o consequente ressentimento. É uma bomba-relógio para a vida.

Não devia ser comum ao cristão experimentar decepção em seus relacionamentos. Contudo, sabemos que é uma reação própria da natureza humana que ainda está em nós. Na verdade, nos decepcionamos com muita facilidade. Podemos nos decepcionar (mas o certo é nos indignar) com a hipocrisia, injustiça, maldade, deslealdade, mentira, infidelidade, enfim, com a falta de caráter. Estas coisas são concretas e recorrentes na natureza de Adão. Quando olhamos para o homem geralmente ficamos decepcionados. Por que razão? Porque é falho, tem limitações e defeitos imensos. Há muita gente doente em nossas igrejas por causa de decepções acumuladas, não resolvidas.

A decepção é prejudicial para a saúde física, ética, emocional e espiritual do homem que conhece a Cristo Jesus. Não devemos criar expectativas altas acerca de quem quer que seja, inclusive de familiares. É muito comum, infelizmente, nos decepcionarmos na igreja de Jesus. Pessoas que dizem nos amar, mas têm atitudes de quem odeia. Prometem lealdade e são desleais. Somos muito semelhantes a Pedro que havia prometido ao Senhor que jamais O negaria. Mas o Senhor Jesus conhecia o coração do apóstolo. Nós sabemos o que aconteceu. Pedro realmente O negou como o Senhor havia previsto. Depois, profundamente arrependido, Pedro chorou amargamente (Lucas 22.54-62). Jesus nunca se engana com a gente. Ele sabe perfeitamente o que está em nosso coração, quais são precisamente os nossos motivos (Salmos 139.23). O que tranquiliza o nosso coração é que o Seu diagnóstico é perfeito.

Aprendamos que somente o Senhor não nos decepciona. Quando olhamos para Ele, o nosso coração descansa. Enquanto ficarmos olhando para nós mesmos o nosso coração fica deprimido, pois somos incoerentes e vis. E quando olhamos para o próximo nós sentimos decepção porque criamos expectativas exageradas quando ele tem defeitos terríveis. Deus nos criou em Cristo Jesus, nos salvou, para sermos pessoas sinceras, leais, verdadeiras, amorosas, bondosas, serviçais, solidárias e cheias de compaixão como Ele. Devemos sempre olhar para Cristo e, através DELE, olharmos para o próximo. Aí a nossa percepção do nosso semelhante será na medida certa.

Não permitamos que a decepção resida em nosso coração. Que o nosso olhar referencial seja sempre Cristo, o Autor e Consumador da nossa fé (Hebreus 12.1,2). Ele jamais nos decepciona. Ele nunca nos causará sentimentos negativos em relação a Ele mesmo e ao próximo. O Senhor Jesus é o nosso amigo verdadeiro, leal, puro, perfeito, companheiro, encorajador, em quem podemos confiar e descansar (Mateus 11.28-30). Ele é o Amigo Verdadeiro que deu a Sua vida por nós na cruz (João 15.13,14). Não fiquemos olhando para o homem criando expectativas fantasiosas e nos decepcionando, mas olhemos firmemente para Cristo Jesus, nosso amado Salvador e Senhor, que jamais nos decepciona. Ele prometeu estar conosco todos os dias até à consumação dos séculos (Mateus 28.20). A Sua presença nos faz descansar e jamais nos causa decepção.

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pastor.

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente