// você está lendo...

Estudos

AS SETE LEIS DO PROFESSOR – John Milton Gregory *

Lei 1: A LEI DO PROFESSOR

“O professor deve conhecer muito bem o assunto que está ensinando. Um fraco domínio do conteúdo resulta num ensino deficiente”.

Lei 2: A LEI DO ENSINO

“A verdadeira função do professor é criar condições para que o aluno aprenda sozinho (…) Ensinar de fato não é passar conhecimento, mas estimular o aluno a buscá-lo. Poderíamos até dizer que ensina melhor quem menos ensina”.

Lei 3: A LEI DA ATIVIDADE

“Não podemos transferir conhecimentos de nossa mente para a de outrem como se eles fossem constituídos de matéria sólida, pois os pensamentos não são objetos que podem ser tocados, manuseados … As idéias têm que ser pensadas na outra mente; as experiências, revividas pela outra pessoa”.

Lei 4: A LEI DA COMUNICAÇÃO

“A tarefa do professor é despertar a mente do aluno, é estimular idéias, através do exemplo, da simpatia pessoal, e de todos os meios que puder utilizar para isso, isto é, fornecendo-lhe lições objetivas para os sentidos e fatos para a inteligência … O maior dos mestres disse: ‘A semente é a Palavra’. O verdadeiro professor é o que revolve a terra e planta a semente”.

Lei 5: A LEI DO CORAÇÃO

“Como um professor pode deixar de manifestar uma atitude ardorosa e inspirativa se o assunto de que trata é tão impregnado de realidade?”

Lei 6: A LEI DA MOTIVAÇÃO

“A mente humana, até onde a conhecemos, é uma força que funciona ativada por motivações. Um relógio pode bater as horas junto a um ouvido; um objeto pode lançar sua imagem dentro de um campo visual. Mas a mente desatenta não ouvirá nem verá nada”

Lei 7: A LEI DA PREPARAÇÃO PRÉVIA

“Há muitos professores que vão para a sala de aula totalmente despreparados os preparados apenas em parte. São como mensageiros sem mensagem. Faltam-lhes a energia e o entusiasmo necessários para produzirem os resultados que, centralizando por direito, devemos esperar de seu trabalho”.

Uma dica: “Cultive um profundo amor pelo ensino da Palavra de Deus, a adultos ou a crianças, na igreja, em casa, em grupos de estudo bíblico, ou nas escolas” (Howard Hendricks)

(*) Usado por Howard Hendricks – “Ensinando Para Transformar Vidas” – Editora Betânia, 1ª. Edição 1991, MG.

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente