// você está lendo...

Sem categoria

APENAS PEGADAS

 

Estive recentemente no cemitério participando do sepultamento de um irmão em Cristo e precisando sair mais cedo, vinha pelo caminho de pó pedra bem compactado, mas o observava atentamente repleto de pegadas da multidão que havia acompanhado o féretro. À medida que caminhava sobre aquelas pegadas refletia sobre a efemeridade da vida humana. Aquelas pegadas desapareciam por causa de outras pegadas ou pelo vento. Elas durariam muito pouco. Na verdade, somos passageiros aqui. Uns duram mais que outros. É uma questão apenas do tempo debaixo da soberania de Deus, pois nós que o sepultamos um dia seremos sepultados. Não podemos viver em função desta vida passageira, mas em função de Cristo.

Quantas vezes não nos apercebemos que somos pequenos, falhos, frágeis, passageiros e limitados. Quanta arrogância neste mundo! Quanta busca pelas coisas que perecem, que são consumidas pela traça ou pela ferrugem! Quanta autossuficiência! Quanta vaidade! Quantas vidas vazias, sem Deus, sem esperança! Tiago nos ensina magistralmente a limitação da vida. “Agora, prestai atenção, vós que dizeis: Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, lá passaremos um ano, negociaremos e teremos lucro. No entanto, não sabeis o que acontecerá no dia de amanhã. O que é a vossa vida? Sois como uma névoa que aparece por um pouco e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo. Mas vos orgulhais da vossa arrogância. Todo orgulho como esse é maligno. Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado” (Tg 4.13-17). De repente os sonhos, metas, propósitos vão embora. Não há mais vida.

Mas há esperança em Cristo. “Pois tenho certeza de que nem morte, nem vida, nem anjos, nem autoridades celestiais, nem coisas do presente nem do futuro, nem poderes, nem altura, nem profundidade, nem qualquer outra criatura poderá nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor “(Rm 8.38,39). A nossa segurança está nAquele que não vemos, mas cremos que existe e que é presenteador de todos os que O buscam (Hb 11.6). Jesus veio para que tenhamos vida e esta em abundância (João 10.10). Todo aquele que crê nEle tem a vida eterna . “Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não vai a julgamento, mas passou da morte para a vida” (João 5.24). A nossa segurança não está nesta vida passageira, mas na vida eterna garantida por Cristo Jesus na Sua morte e na Sua ressurreição. “Jesus declarou: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, mesmo que morra, viverá; e todo aquele que crê em mim, jamais morrerá. Crês nisso?” (João 11.25,26).

Oswaldo Luiz Gomes Jacob, pastor.

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente