// você está lendo...

Sem categoria

A DOR NA ALMA

Sim, dor na alma quando desobedecemos a Deus, nosso Criador e Redentor em Cristo Jesus. Quando agimos com incoerência, fazendo a nossa vontade em detrimento da vontade de Deus. Dor na alma quando somos ingratos como foram os nove leprosos curados por Jesus. A dor vem na alma quando, muitas vezes descontrolados, agredimos verbalmente o próximo e destratamos membros de nossa família.

Também, em nossa falta de solidariedade com os que sofrem. Quantas vezes somos omissos! Ah, quanta dor na alma quando tratamos mal, com rispidez, as pessoas!

Sim, como somos pessoas difíceis e complicadas, construindo mais muros do que pontes! Sentimos dor na alma quando perdemos amigos, familiares e irmãos em Cristo. Temos dor nas entranhas quando vemos tanta gente morrendo nessa pandemia, pessoas desempregadas, com fome e outras carências. Dor em sabermos que ainda temos mortalidade infantil no Brasil. Ao percebermos tanta gente sem tratamento adequado nos hospitais públicos; a corrupção endêmica e políticos tão ordinários.

Sofremos de dor na alma ao notarmos nitidamente a desconstrução do semelhante, as críticas maliciosas, a hipocrisia, o desperdício do dinheiro público e a falta de zelo pelas instituições. Dor na alma ao visualizarmos o tráfico ceifando tantas vidas, jovens presos, famílias dilaceradas pelo crime.

Quanta dor com um número altíssimo de assassinatos e mortes no trânsito. Sentimos dor ao vermos tanta gente com depressão, síndrome do pânico, fobias, insegurança, desesperança.

Muita dor experimentamos ao constatarmos policiais corruptos, funcionários sendo aliciados, juízes desqualificados, líderes da nação envolvidos em desonestidade e muitos outros cultivando a imoralidade. Sentimos um incômodo ao vermos o crime organizado avançando! A criminalidade se agigantando. Experimentamos dor ao olharmos os idosos sendo desrespeitados e maltratados; milhões de brasileiros sem esgoto, água tratada, coleta seletiva do lixo e aterro sanitário; o país dividido por partidos, políticos brigando e uma ausência gritante de valores morais. Sentimos dor ao vislumbrar o número alarmante de divórcios dentro e fora das igrejas. Os brasileiros de bem sentem essa dor da indignação com quase tudo que vem da politicagem do país.  Somente em Cristo Jesus essa dor na alma pode nos levar a atitudes e atos de amor!

Descansemos no Senhor que nos conhece perfeitamente. Sejamos instrumentos de Deus para uma mudança radical em todo o país e na Sua igreja. Não desanimemos, pois juntamente com a dor na alma vem o balsamo e as misericórdias do Senhor para nos fortalecer. O convite de Jesus é maravilhoso!!! (Mateus 11.28-30). Que a nossa dor seja matéria-prima para Deus trabalhar e nos fazer bem melhores.

Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Compartilhe e Aproveite:
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • del.icio.us
  • Live
  • Technorati
  • LinkedIn
  • Sphinn
  • email
  • Facebook

Comente

Links

Admin