// arquivos

Arquivo para dezembro, 2012

O QUE ESPERAMOS PARA 2013?

Esta pergunta nos inquieta. Sabemos que a vida pertence a Deus. É relevante vive-la com temor e tremor. Sendo um dom de Deus, a vida deve ser vivida na perspectiva Dele. O ano de 2012 está findando e logo vamos entrar em 2013. Ao percebermos o tempo, as oportunidades, as circunstâncias e as expectativas, somos […]

“70×7: PERDOADOS PARA PERDOAR”

Uma análise simples de Mateus 18.15-35 O Dr. David Augsburger disse: “Num mundo onde a comunicação é defeituosa, a comunidade é possível ao compreendermos os outros! Num mundo de alienações dolorosas, a comunidade é criada ao aceitarmos os outros! Num mundo de confianças traídas, a comunidade é mantida se houver perdão!” Ele disse: “Eu te […]

SER CRISTÃO

  Ser cristão é uma questão de identidade. O verbo ser dá uma ideia muito clara de natureza, essência. Há muita confusão na Igreja evangélica e até na sociedade secularizada do que venha a ser um cristão. Sem olhar pela via legalista, há muito mal testemunho por aí e muita vergonha em relação as atitudes […]

TEOLOGIA SELF-SERVICE

A expressão inglesa self-service significa ‘servir-se a si mesmo’, geralmente num contexto de restaurante. Você tem o poder de escolher o cardápio que quiser. O que mais lhe apetece é isto que você escolhe. A teologia do servir-se a si mesmo é extremamente egocêntrica. Aliás, ela é antropocêntrica, isto é, o seu fundamento é o […]

PALAVRAS QUE CURAM

Deus nos fez novas criaturas em Cristo Jesus para O amarmos de todo o nosso coração, de toda a nossa alma e de todo o nosso entendimento e com todas as nossas forças e ao próximo como a nós mesmos (Mt 22.34-40). O Seu amor por nós nos motiva a amar o nosso próximo. A […]

PALAVRAS QUE FEREM

Quantas vezes falamos palavras que ferem! Palavras que se tornam instrumentos cortantes que causam feridas enormes e profundas. Tenhamos todo o cuidado com as palavras proferidas, muitas vezes carregadas de maldade e dissimulação. Elas têm o poder imenso de causar danos, alguns irreparáveis. Vez por outra somos surpreendidos pelo nosso próprio coração. Depende do estado […]